Páginas

1 de set de 2011

Tão perto, e ao mesmo tempo tão longe


A tristeza virou minha colega, pois toda vez que me apaixono antes mesmo de começar eu choro...
Choro de saber que ele não me quer.
Choro de saber que eu o quero.
Choro simplesmente por chorar...

Descobri que a pessoa que eu amo, gosta de mim. Não tanto o quanto eu gosto dele, mas de algum jeito ele gosta de mim também. Isso é bom!

Mas e quando eu não sabia disso?!
Sofri muito...
Sofri por não saber o que fazer.
Sofri por medo de fazer algo.
Sofri por ele...

(Nanda Oly)

Nenhum comentário:

Postar um comentário