Páginas

29 de out de 2011

Já não aguento mais



Não sei se é raiva, ódio, amor, paixão, ciumes ou simplesmente uma forte amizade. Eu só sei que não consigo tira-lo da minha cabeça. As vezes por raiva, por ciumes, por ódio, e a maioria das vezes por amor.
Ele me tira do sério! Ele não é o cara ideal! Ele é um idiota, e eu mais ainda por ama-lo!

Eu o amo, e acabo me esquecendo de quem ele é.
Ele é o cara que me fez chorar. Ele é o cara que me fez rir.
Ele é o cara que me faz ficar triste. Ele é o cara que me alegra.
Ele é o cara que quebrou meu coração. Ele é o cara que faz meu coração disparar.
Ele não é quem eu imaginei pra mim. Ele é simplesmente quem apareceu e fez eu ficar assim.

Não suporto mais olhar pra ele. Não suporto mais ficar sem ver ele.
Não suporto mais pensar nele. Não suporto mais parar de pensar nele.
Não suporto mais tentar entende-lo. Não suporto esquecer-lo.

Já não tenho mais controle de mim.
Já não tenho controle das minhas palavras.
Já não sei mais o que fazer, o que pensar, o que falar...

Preciso da sua ajuda.
Preciso da sua atitude.
Preciso do seu carinho.
Preciso de você pra me ajudar a te entender.

(Nanda Oly)

21 de out de 2011

Simplesmente AME!



É incrível como as pessoas que você menos espera, te surpreende.
Pare um pouco de pensar em si mesmo, e pense em quem está ao seu redor.
Pense em quantas pessoas te amam, e você nem imagina.
Pense na sua família, nos seus amigos, nos seus professores, e até nos seus inimigos. Todos eles te amam. Cada um deles te amam do jeito que você é.

Ficar se lamentando que a sua vida é ruim, é o que à transforma ruim.
Sorria, chore, demonstre.
Abrace a sua mãe, ao seu pai, ao seu irmão, ao seu avô, à sua avó, ao seu tio, ao seu amigo, abrace e demonstre o seu amor. À qualquer hora, à qualquer lugar.

Não tenha vergonha de demonstrar um sentimento, seja ele qual for.
Demonstre enquanto é tempo.
Demonstre antes que seja tarde!

(Nanda Oly)

19 de out de 2011

Sorria por uma lágrima



Hoje estou feliz pelo o que a vida me mostrou.
A vida me mostrou que para ser feliz temos que começar com um sorriso, e terminar com uma lágrima.
Pense em quantas vezes você chorou. Agora pense que antes de você chorar você sorriu!

Quando você brincava de pique, você estava rindo. E enquanto você brincava, você tropeçou e caiu. E você deixou lágrimas cair.
Quando você amou, você sorriu. E enquanto estava amando, você deixou muitas lágrimas cair.

Então, depois de chorar, lembre-se do momento em que você sorriu. Lembre da pessoa que te fez sorrir. Lembre de um sorriso.
Porque a felicidade e a tristeza estão em um simples sorriso.

(Nanda Oly)

15 de out de 2011

Feliz dia dos professores



Acorda cedo, sai às pressas
para chegar na hora certa,
ele é o professor.

Na escola ele ensina:
Geografia, Português,
Matemática, História, Inglês
e espera o resultado
em ver todos aprovados.

Ele é o professor.

Se dedica com amor
à profissão que abraçou,
pois desde cedo queria
ter um espaço na vida
e ser um grande professor.

Aqui fica o meu recado,
por tudo, muito obrigado,
pelo que foi ensinado
por você, meu professor.

(http://www.belasmensagens.com.br/professores/poema-ao-professor-566.html)

13 de out de 2011

Não pense, aja!



As suas palavras me deixam anestesiada.
Seus olhos me deixam encantada.
Seu rosto me deixa deslumbrada.
Você me faz sentir amada.

O seu problema é que você pensa demais.
E de tanto pensar, me fez lágrimas derramar.
Se pelo menos daquela vez, você não tivesse pensado, teria evitado que eu te odiasse.
Hoje eu te odeio. Hoje eu te amo.

Para de pensar, e vai agir.
(Nanda Oly)

10 de out de 2011

Homenagem ao dia das Crianças


Já fui sonho, projeto, feto...
Hoje sou como o raiar de um novo dia
O brotar de uma semente
O desabrochar de uma flor.

Sou como uma doce melodia
Com autor e partitura
Só preciso que me "toquem" com ternura
Para que eu possa ser gente.

Do bem, quero ser sempre contexto
Não nasci para ser avesso
Sou portador de sol
Trago luz
Alegria e esperança
Afinal sou criança
Imagem e semelhança de Jesus !

Escrito por : Walter Pereira Pimentel



8 de out de 2011

Algo tem que mudar



Não sei se o que vou fazer, é o certo. Mas eu preciso. Não tem como explicar, o medo e a angustia que sinto toda noite, só de pensar nisso. Mas sei que quando eu fizer, tudo irá mudar. Talvez melhore, ou talvez piore. Mas de qualquer jeito irá mudar. E é melhor mudar, só que ficar do jeito que está.

As coisas começaram boas de mais para ser verdade. Não digo que foi piorando. Digo que foi ficando menos boa. E as vezes penso que eu deveria ter deixado as coisas como estava. Me arrependo profundamente. Mas ao mesmo tempo, não me arrependo de nada. Durou pouco, mas durou o bastante para eu sorrir de verdade.

(Nanda Oly)


5 de out de 2011

O vazio



Me esconder.
Sair e voltar quando tudo acalmar.
Fugir.
Morrer...

São infinitas as possibilidades...
As chances...
Mas de qualquer jeito, não irei me dar por satisfeita.
O que eu posso fazer?!

Sei que todos nós temos problemas. Uns mais fáceis outros mais difíceis...
Mas de qualquer jeito, não deixam de ser problemas.
E mesmo com tantos problemas, tento procurar algo que faça com que a dor pare. Ou pelo menos diminua.

As vezes quando penso que a dor passou, ela volta mais forte. E vai se fortalecendo... E eu não sei como isso aconteceu, e nem como faço pra parar. Mesmo assim, mesmo sabendo que a dor não vai passar, eu tento esquecer pelo menos por um minuto.

E com tanto problema eu acabo achando um forma de "derrama-lo" ou por um minuto mata-lo, e com isso só me sobra um sentimento: O vazio.

É como se tudo o que eu fiz até agora, não importasse mais, pra nada e pra ninguém. É como se faltasse algo em mim. É como se tivessem arrancado meu coração, minha alma. É como se eu estivesse ali, e ao mesmo tempo não estivesse em lugar algum.

(Nanda Oly)

4 de out de 2011

Eu te amo / Eu te odeio

Quando me perguntam como estou, respondo "Estou indo..."
" - E o que isso significa? "
Significa que estou levando a vida do jeito que ela é; Ou do jeito que eu deveria levar.

As vezes eu te odeio, mas ao mesmo tempo eu te amo.
Não sei explicar, mas sei que agora as coisas são assim.
Talvez seja bom, ou talvez seja ruim.
De qualquer jeito, não consigo tirar você do meu pensamento.

(Nanda Oly)