Páginas

23 de fev de 2013

Eu vejo um mundo. Um mundo que eu criei.


Vejo pessoas pensando de todas as formas, falando de todos os assuntos.
Vejo pessoas criando, consertando, reinventando...
Algumas são rápidas; Outras lentas e outras sem preocupação de "para onde ir?".
A cada olhar, vejo pessoas à espera do desejado.
Pessoas angustiadas, presas e livres.

O mundo surpreende, assusta e ilude.
Tudo me assusta. Tudo me surpreende.
Pessoas cansadas de esperar e pessoas livres para sonhar.
E isso é tudo o que eu vejo nesse mundo.

O meu mundo, o nosso mundo e o mais importante:
O mundo que eu criei.

Nanda Oly

Nenhum comentário:

Postar um comentário