Páginas

6 de mai de 2013

Mundo, meu mundo, mundão


Mundo complexo.
Mundo louco.
Meu mundo.
O mundo de todos.

No fim,
Ninguém entendo.
O que dizem, enfim.
Eu não entendo.

Que loucura.
Que viagem.
Que rua escura.
O lugar de ninguém. 

Minha voz some.
Você se esconde.
Ele foge.
E todos, aos poucos, morrem.

Lua, rua, sua.
Casa, louça, suja.
Muro, surdo, gato.
Chato, louco, sapato.

Que loucura.
Que viagem.
Essa rua escura.
Essa rua de ninguém. 

Nanda Oly

Nenhum comentário:

Postar um comentário